As Deusas Em Nossas Vidas

As deusas são as forças femininas vivas em nós.
Quanto mais uma mulher souber sobre suas deusas dominantes, mais centrada ela se tornará, tendo o perfeito domínio sobre seus instintos, habilidades e possibilidades de encontrar um significado especial através das escolhas que fará.
Praticamente todas as grandes tradições da antiguidade continham o conceito de que existe um grande organismo (consciência, Gaia) feminino regendo a vida da Terra. Todos os cultos da fertilidade e do renascimento da natureza, da vegetação, na primavera, eram voltados para esse arquétipo universalizado que doa sem limites e sustenta a vida, regulando e alimentando todos os processos vitais do planeta.
Para uma vida equilibrada, não podemos ser completamente tomadas por uma só deusa. É preciso haver harmonia entre elas, pois nenhuma é completa em si e cada uma sabe de algo que a outra desconhece.
Ao estimularmos a interação das influências das deusas em nossa vida iremos estimular enormes energias capazes de criar oportunidades de mudanças evolutivas constantes.

CARACTERÍSTICAS DA MULHER REGIDA POR:

DEMÉTER/ CERES: Material e nutridora. Meiga e simpática, rodeada de crianças, senhora do lar, abnegada, com reservas inesgotáveis de energia. Seu amor é delicado, nutritivo, carinhoso e generoso, incondicional. Sua energia é voltada para o sustento e proteção da família, dos ciclos da natureza. Seu corpo é um receptáculo sagrado e seu estilo de amar é mais introvertido. Seu companheiro deve ser um pai-terra confiável e forte, capaz de prover.

AFRODITE/ VÊNUS: Feminina, artista e sedutora. Seu objetivo é o relacionamento, o amor, sedução, beleza e carisma. É muito vaidosa e é a musa inspiradora das artes, poesia, música, artes cênicas. Seu interesse é em tudo que envolve: moda, arquitetura, cosméticos, trabalhos que agradam aos olhos e sentidos. Busca erotismo e ternura na intimidade. Sua energia é transmutada com a maturidade: a Afrodite Urânia é inspiradora dos amores carnais, enquanto que a Afrodite Celeste inspira o amor incondicional e espiritual.

PERSÉFONE-KORÉ: Sábia e espiritualista. Reservada, intuitiva, misteriosa, espirituosa e encantadora. Modesta, discreta e simpática. Gosta de refletir e de comungar com o mundo invisível. Sua responsabilidade é a lealdade. É atraída pela espiritualidade, esoterismo e parapsicologia. Envolvida com a cura mental ou emocional. Nunca se deixa dominar por seu par masculino.

HERA/ JUNO: Tradicional e poderosa. Seu principal objetivo é proteger o casamento, as tradições, a Terra, e a fidelidade conjugal. Ciumenta, possessiva e agressiva quando a estrutura da família é ameaçada. Muito vaidosa, orgulhosa e obstinada.

PALAS-ATENA/ MINERVA: Independente e guerreira da paz. Extrovertida, empreendedora, perspicaz, apaziguadora e encontra nos conflitos sempre algo vantajoso. Gosta de competitividade e rege tudo que se relaciona com a vida urbana, a tecnologia, a ciência, educação, vida intelectual e evolução na carreira. Relaciona-se com companheiros de armas, para compartilhar ideais, metas profissionais e lutas. Não faz chantagem emocional, mantém a cabeça fria numa situação emocional e não recorre à sedução. Luta contra a injustiça e o sofrimento, sempre pronta a agir, enfrentando qualquer pessoa ou situação.
É o aspecto criativo para a fecundidade intelectual, filosofia inventividade, conselhos racionais e artes. Esconde a feminilidade sob uma couraça protetora.
Muito controladora, chegando a intimidar o sexo oposto.

ÁRTEMIS/ DIANA: Atleta e natural. Gosta de atividades físicas e ao ar livre, possui energia indomável. Precisa de certa independência para trabalhar e se isolar das multidões. Prefere homens reservados e modestos, companheiros de trabalho e participante nas coisas práticas. Geralmente não se conforma com os estilos de vida de mãe, esposa ou profissional. Recupera suas energias em contato com os ciclos da natureza, na atividade silenciosa dos animais, no balanço do mar ou do vento nas folhas, até mesmo em contato com o deserto ou das montanhas.

HÉSTIA ou VESTA: Cuidadora e Mantenedora. Pessoa serena, dedicada manter e aconchegar os familiares, fomentando a paz e harmonia que deve reinar nos lares. Mediadora e protetora, coloca o bem estar e felicidade do próximo acima das suas vontades pessoais. Possui pureza de caráter e simplicidade. Nunca abandona aqueles que dela necessitam.