Baralho Cigano

Baralho Cigano

 Em meados do século XV os ciganos começaram a instalar seus acampamentos pelo centro-oeste da Europa, até então eram nômades e tinham a habilidade de ler a sorte nas mãos dos consulentes, por não necessitar de instrumentos especiais e nem providências complicadas, já que tinham que carregar poucos pertences nas mudanças constantes. Mas a partir do contato com os nobres e ricos, franceses e italianos, associaram seu nome às cartas de jogar.

À medida que se desenvolveram técnicas de impressão dos baralhos, os jogos de cartas se tornaram mais acessíveis para ler a sorte, por serem pequenas e de simples manuseio.

Antes dessa época não foram encontrados baralhos ciganos antigos ou exemplares históricos.

As tiragens feitas atualmente utilizam as 36 cartas do baralho Petit Lenormand, que a cartomante francesa  Marie-Anne Adélaide Lenormand, conhecida como Madame Lenormand, nasceu na França em 1772. Estudiosa da Kaballah, Astrologia, Alquimia, Numerologia e Cartomancia e da Sibilla de Salões.  Eram cartomantes e videntes da Nobreza Francesa e de figuras da alta sociedade como Napoleão Bonaparte e esposa.

Não há registros, segundo as pesquisas que ela teve contato direto e “pegou nas mãos”, para ser bem claro e didático, o baralho cigano. Composto por 36 cartas, ela fez sim, um “jogo de marketing”, “plagiando”,  palavras dos historiadores do Lenormand  o JOGO DA ESPERANÇA  Alemão de 1799 : Todas as cartas, imagens e respectivos  naipes! Conforme veremos adiante.

Atualmente, há  diversos tipos de Baralhos Ciganos no mercado, assim como um vasto material sobre cartas  ciganas. Outrossim, há duas vertentes de leitura do referido baralho: a vertente brasileira, e a vertente europeia.  Vejamos alguns elementos da vertente brasileira:

Na imagética do chamado “Baralho Cigano”,  alguns  símbolos das cartas conecta-se com  a energia dos Orixás:  Yemanjá na carta 3 - O Navio; Oxôssi na carta 5, A Árvore; Iansã na carta 6 - As Nuvens; Oxumaré na carta 7- A Cobra; Nanã na carta 9- O Ramalhete; Obaluayé na carta 10 - A foice; Êre na carta 13, A Criança; Ossayan, na carta 20- As Ervas; Xangô na carta 21 – A  Montanha; Ogum na carta 22 - Os caminhos, Oxum na carta 30 - Os Lírios e Oxalá na carta 31 - O Sol.

Outro aspecto a ser salientado, além do sincretismo religioso, até mesmo com baralhos que  não se intitulam  “ciganos”, é a carta 2 – os Trevos, como obstáculo e não como Sorte, o que intrigou, deixou pasmos oraculistas norte- americanos e ingleses;  a Montanha, carta 21, como Justiça, Xangô, a pedreira. E lá fora, no exterior, é a carta dos obstáculos.

Todo bom oraculista, profissional, precisa antes de tudo, escolher a sua vertente e sua leitura oracular ou terapêutica ser coerente com a escolha. Esse oráculo fornece informações preciosas da vida do consulente, sem abdicar de estudá-lo e “aspectar”  as cartas, segundo Josephine  Ellershaw.
 

Confira os melhores consultores do Brasil e realize agora mesmo a sua consulta online!
 

TAROT DA CIGANA ISABELITA 

Com 36 cartas, do casal de Ciganos Italianos “zingari”, Solange Magrin Ruiz e  Marcelo Ruiz, apresenta a iconografia sem naipes.
As figuras contidas nas cartas, apesar de atuais, foram inspiradas pela Cigana Isabelita e Dom Fernando, onde ela revelou como eram as suas cartas. Veja só!!! Afinal na época em que ela vivia no plano terreno, era comum que cada cigana e cada clã,  confeccionasse suas próprias cartas, com cores, elementos, animais e imagens que tinham relação com sua vida cotidiana. Além de outros sistemas oraculares: dados, moedas, conchas, cristais etc.
Cartas ricamente desenhadas, carregadas de pura magia, abrindo um canal com a Espiritualidade Cigana. Sem folclore, sem “enfeitar pavão”, algo sério, direto e prático. Proporcionando e propiciando um direcionamento na vida das pessoas.
Infelizmente, na cultura brasileira ainda persistem os que desejam denominar  a seu bel prazer “Tarot” de forma aleatória, segundo a Crítica já citada.

 

TAROT  CIGANO

Com ilustrações de Cristina Martoni, André Mantovanni, elaborou um baralho cigano, premiado e editado em vários idiomas. As cartas  não obedecem um padrão imagético bem detalhado, algumas beiram a infantilidade, parece que uma criança desenhou de maneira bem simplória, porém outras são magnificamente bem acabadas.  São lâminas coloridas, material bem resistente. O inovador, nesse Baralho é a ideia de  Mantovanni, de unir  o significante e o significado de forma transcendental. Para isso,  ele  escreveu um livro com muitas elucidações, bem detalhadas de cada lâmina, de riqueza  elevada.

 

TAROT DO CIGANO

Muito conhecido e utilizado, sobretudo seguindo a vertente brasileira  de leitura,  esse baralho  de J. DellaMonica, é o mais antigo e bem elaborado texto  sobre as  lâminas do citado  oráculo. Bem elucidativo, objetivo; rica obra a ser estudada e responde rapidamente as dúvidas, anseios, toda a gama de sentimentos  humanos.  Um oráculo fabuloso. Com 36 cartas coloridas, nem todas seguem a esteira do Lenormand, algumas  cartas, aproximando-se do Baralho da Vovó Cigana e das  Sibillas Italianas.

 

PRIMAL  LENORMAND – LENORMAND ORIGINAL –  THE GAME OF HOPE

Contém 36 cartas, da Editora  AG Muller,  esse é o verdadeiro, original “Lenormand”, como ficou conhecido. Manual em inglês, francês e alemão.
Primal Lenormand é uma reprodução do original 'Jogo da Esperança' publicado em 1799. Este baralho foi inicialmente concebido como um jogo de salão para ser jogado com dados. Cinquenta anos mais tarde as cartas foram usadas para adivinhação por Mlle Lenormand. Apresenta uma rica simbologia com 2 diferentes naipes, um  dos baralhos de jogos e outro das tradições culturais. Antes de sua publicação era um jogo comumente divulgado na Alemanha e se espalhou pela Europa Ocidental, sobretudo nas cortes. Mantem numeração,  e apesar de ser um jogo, já apresentava um caráter oracular. Termina e ganhava o jogo quem chegasse  à imagem 36 – Cruz. Mas já podemos entrever outros aspectos que elevam-no ao patamar de sistema oracular. Vale a pena conferir tal obra, com uma semiótica visual fabulosa!

 

ESMERALDA LENORMAND (2018)

Baralho brasileiro, de Karla Souza, com 36 cartas nas edições anteriores; a partir de 2018, a autora acrescentou 4 cartas de substituição, 14 ciganas, 14 ciganos, totalizando 68 cartas. O diferencial desse oráculo homenageando a Cigana Esmeralda, são os ícones de memorização das cartas,  sinalização dos chakras e marcação de tempo. Belíssima e rica obra no sentido oracular e artístico.  A referida cigana, Esmeralda, apresenta uma benevolência, generosidade, protege as pessoas que atuam no trabalho voluntário e  caridade. Apta e pronta a ajudar os excluídos e oprimidos da sociedade. Nas manifestações de incorporação, vem ao plano físico alegre e sorridente. Por isso, o oráculo é fidedigno a  essa alegria com cores do verde claro, ao escuro e outras vibrantes e alegres.

 

GILDED REVERIE LENORMAND - Expanded  Edition

O famoso baralho  Gilded Reverie Lenormand, inicialmente, com 36 cartas, recebeu uma nova versão do artista  Ciro Marchetti, com 47 cartas com borda dourada.
O Lenormand adquiriu mais estudos, e está sendo desvinculado da convivência ou autoria dos ciganos, graças aos seríssimos tarólogos internacionais, sobretudo, inglês, norte- americanos italianos e franceses. Essa desmistificação e de mitificação vieram em momentos auspiciosos, acarretando um profundo e sério momento na história dos oráculos.
Este deck de Ciro Marchetti possui oito cartas extras, a saber, Tempo, Pontes, Dados, Máscara, Bem, Bússola, Labirinto e Lupa. E agrega  3 cartas para  aprimorar as leituras do tradicional baralho Lenormand:  Homem, Senhora e Coruja. A riqueza estética é fabulosa, rica em detalhes, cores vivas com detalhes dourados.

 

FAIRY LENORMAND ORACLE  - Oráculo Fadas Lenormand

Markus Katz e Tali  Goodwin, com ilustrações do famoso Davide Corsi, oráculo composto por 36 cartas, da Lo Scarabeo,  seguindo o padrão Lenormand/Primal. Obra riquíssima em detalhes que auxiliam no direcionamento, autoconhecimento. Estamos no mundo das Fadas, na vertente europeia, no encanto mundo do Paganismo, do povo celta. As cartas são claras e mesclam o elo dos seres vivos com a Espiritualidade ancestral. Energia potente e dócil, alegre e séria. Abre as portas do inconsciente e permite desvelar os mais profundos anseios da alma humana.
 

Leia mais: Como Jogar Baralho Cigano: Como Funciona a Consulta

Consultores Disponíveis Agora


Tarot Online utiliza cookies para entregar uma melhor experiência durante a navegação Saiba mais »
Atendimento ao Cliente
Instagram